Policiais Civis do GIH, de Rio Verde, prendem dois suspeitos de um homicídio qualificado

701

Rodrigo Alves Barcelos: Autor dos disparos

Após três meses de investigação, Policiais Civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), de Rio Verde, prenderam, por força de Mandado de Prisão Temporária expedido pela justiça, Rodrigo Alves Barcelos, de 26 anos, e Willian Pereira da Mata, de 22, anos. Eles são suspeitos do homicídio de Rogério Macedo Barbosa, de 26 anos, o Rogério Mucilon, crime ocorrido na madrugada do dia 28 de outubro de 2013. .

Conforme o Delegado de Polícia Francisco Lipari, Coordenador do GIH, as investigações apontaram que no dia do crime autores e vítima estavam em um baile funk na cidade. Na mesma noite, já de  madrugada, Rogério saiu do baile acompanhado de duas mulheres, em seu carro, sendo seguido por Willian e Rogério, ambos em uma motocicleta. Ao parar em um semáforo, Rodrigo desceu da motocicleta, conduzida por Willian, foi em direção ao carro e atirou várias vezes contra Rogério Mucilon, que morreu no local.

Willian Pereira da Mata: Conduziu a motocicleta

Ao ser interrogado, Willian Pereira da Mata confirmou sua participação no crime. Disse, contudo, que apenas pilotou a motocicleta a pedido de Rodrigo, justificando que estava embriagado. Willian disse ainda que não sabia que Rodrigo Barcelos estava armado,  nem da sua intenção de matar a vítima. Autor dos disparos, Rodrigo, por sua vez, permaneceu calado, negando-se a responder às perguntas do Delegado Francisco Lipari, que irá representar pela decretação da Prisão Preventiva de Willian e Rodrigo pelo crime de homicídio qualificado.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / GIH