Policiais civis do GIH e GENARC do Novo Gama colocam mais dois atrás das grades

510
warley e marcelo
Warley Santos e Marcelo Martins

Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídio (GIH) do Novo Gama, sob o comando do delegado Maurício Rocha Passerini, cumpriram, no dia 13 de novembro, mandado de busca e apreensão em residência situada no Setor de Chácaras Araguaia, Pedregal, naquele município, a fim de localizar a arma de fogo utilizada na prática de homicídio perpetrado por Maxwell Cordeiro de Lira, de 19 anos, contra Paulo Henrique Soares Cavalcante, de 16 anos. O crime ocorreu em 25 de setembro de 2014, na quadra de Esportes do Pedregal, Novo Gama.

Segundo o delegado Maurício, responsável pelo caso, o que ensejou o pedido da Medida Judicial foi o fato de Maxwell, no momento de sua prisão, ter afirmado que a arma utilizada por ele no crime estaria na referida residência, cujo proprietário seria outro indivíduo, conhecido por “Gordinho”. Durante as buscas, a arma de fogo não foi localizada.

No entanto, ainda durante a busca, Warley Santos Virgílio Rodrigues, de 24 anos, que se encontrava na residência, foi preso em flagrante pelos crimes de posse ilegal de munição de uso permitido e posse de droga para consumo próprio, haja vista terem sido encontrados em seu poder uma munição calibre 12 e uma pequena porção de maconha. Questionado, Warley afirmou que a droga seria para consumo próprio. Ele afirmou ainda ter encontrado a munição na rua.

Na mesma data, os policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídio (GIH) e do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Novo Gama prenderam em flagrante Marcelo Martins Barros, de 26 anos, pelo crime de tráfico de drogas. Marcelo foi surpreendido em sua residência, situada no Núcleo Habitacional do Novo Gama, com 120 gramas de maconha, uma balança de precisão e a quantia de R$ 330,35, dividida em notas de pequeno valor e moedas. O traficante vinha sendo monitorado há um mês pelos agentes do grupo especializado. Abordado, Marcelo confessou que praticava o tráfico de drogas há quatro meses na cidade.

Além do delegado Maurício, participaram da operação os agentes de polícia Francisco Flávio, Eufrásia, Rodrigo Lóssio, Mauro Pessanha e o escrivão de polícia Eduardo Ferreira Bastos. O delegado regional Rodrigo Mendes parabenizou a todos pelo excelente trabalho em equipe que resultou na prisão de mais dois delinquentes.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / GIH e GENARC / Novo Gama