Policiais Civis prendem principal traficante de Morrinhos e apreendem 10 quilos de droga

304

Rei do Crack de Morrinhos foi detido em uma fazenda da região. Refino da droga poderia render até meio milhão de reais

Conhecido como “Tio Beto”, foi preso, no início da manhã desta terça-feira (23), Roberto Carlos Ribeiro, homem apontado como o maior traficante da região de Morrinhos, município a 128 quilômetros de Goiânia. A detenção fez parte da Operação Labrador, deflagrada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar. Para a ação, foram empenhados sete viaturas, 30 policiais, e dois cães farejadores.

A prisão de “Tio Beto” ocorreu na fazenda Cerradão, zona rural de Morrinhos. No local foram localizados 10 quilogramas de entorpecentes, metade maconha, e o restante pasta base. Na propriedade havia também pedras de crack já refinadas. O entorpecente seria vendido nas bocas de fumo do município. A polícia estima que após o refino do crack, o valor estimado poderia atingir o montante de meio milhão de reais.


Apreensões
O uso dos cães farejadores também permitiu à polícia localizar R$ 10 mil em espécie, enterrados na fazenda. O dinheiro seria fruto da comercialização das drogas. Armas também foram encontradas no local – uma espingarda calibre 22 e um revólver calibre 38 –, além de 200 munições.

Entre as apreensões havia um Volkswagen Gol, e uma motocicleta Honda Tornado. Os veículos seriam utilizados no tráfico dos entorpecentes. Verificou-se que o local também comportava artefatos para organização e treino de aves para rinha de galos, além de animais. Roberto Carlos Ribeiro foi detido e encaminhado ao Distrito Policial de Morrinhos, onde foi autuado em flagrante.

Fonte: Jornal O Hoje
Texto: Mário Braz