Policiais da DERFRVA são homenageados em Audiência Pública no Detran que discutiu mortes e lesões no trânsito

675
Adriano Costa, delegado titular da DERFRVA: Goiás como exemplo para toda a Federação

Quarenta policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), além de peritos criminais que atuam junto à especializada, foram homenageados em audiência pública realizada na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) na tarde de terça-feira (22).

Na solenidade, que contou com a presença do secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Irapuã Costa Júnior, foi lançado o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito. No evento, foram apresentados dados impactantes: em 10 anos, houve um aumento de 123% da frota de veículos no Brasil nos últimos 10 anos, face a um crescimento da população de apenas 12% no mesmo período, durante o qual o país consolidou um preocupante 4º lugar no ranking das nações que mais matam no trânsito. Foram homenageadas as instituições que, a nível estadual, contribuem para minorar esse quadro com suas ações.

Alguns dos policiais civis da DERFRVA homenageados

Em seu discurso, o titular da DERFRVA, delegado Adriano Costa, ressaltou o caráter imprescindível das investigações realizadas, bem como a importância da integração entre as instituições que compõem o quadro estadual de Segurança Pública para que se mitiguem os números goianos quanto a crimes relativos ao trânsito. “A integração é importante, porquanto cada instituição age nos limites da lei e dentro das atribuições que lhe são definidas pela Constituição Federal, sem que haja sobreposições de tarefas”, salienta a autoridade policial.

Paulo Ludovico, Gustavo Rigo e Davi Freire, delegados da DERFRVA

Paradigma
Ainda segundo Costa, o modelo de integração realizado por Goiás, no qual o respeito pelas atribuições constitucionais de cada órgão da área de Segurança Pública é complementado por um primor pela eficiência dentro desse mesmo leque de ações, tem feito com que o estado exiba números de combate a crimes de trânsito especificamente animadores em relação a outras unidades da federação.

“Os resultados obtidos fazem de Goiás um paradigma para o restante do país, uma vez que, enquanto outras Unidades da Federação experimentam um aumento nos índices de roubo de veículos, em Goiás registramos uma diminuição de 70% na ocorrência desse tipo de crime”, informa o delegado.