Policiais de Aparecida realizam operação contra exploração sexual

543

A Polícia Civil, através da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) de Aparecida de Goiânia, deflagrou na noite desta quinta-feira (19/04) uma operação de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. As diligências contaram com a participação da DEAM, 4ª DP, 6ª DP, GENARC e uma equipe da 2ª Delegacia Regional de Polícia.

De acordo com a delegada Cybelle Tristão, ainda participaram das ações a Secretaria de Regulação Urbana do Município, Juizado da Infância e Juventude e Conselho Tutelar. “O foco foi a verificação da presença de menores no interior dos motéis, boates, casas de shows, bares e a fiscalização, por parte da Regulação Urbana, da regularidade no funcionamento desses estabelecimentos”.

Quatro motéis foram interditados, sendo que, em um deles fora encontrada uma menor de 16 anos, que foi entregue ao Conselho Tutelar. Cinco bares que funcionavam como casa de prostituição foram interditados e, uma mulher, proprietária de um desses bares foi autuada em flagrante pelo crime previsto no artigo 229 do Código Penal (Casa de Prostituição).

Cybelle destacou que “operações dessa natureza têm, também, um caráter preventivo já que a presença constante de policiais agindo nesses lugares acaba inibindo a prática de crimes”.