Presa prostituta que matou idoso de 103 anos em Corumbaíba

494
sirleia
Luciléia Pereira Ribeiro

A Polícia Civil de Corumbaíba, na região sul de Goiás, prendeu, nesta segunda-feira (7), Luciléia Pereira Ribeiro, de 34 anos, conhecida como “Sirléia”. Ela é apontada como autora do homicídio do aposentado Antônio Gondim Filho, de 103 anos. O crime ocorreu 12 de novembro, naquele município.

De acordo com as investigações, conduzidas pelo delegado Alexandre Câmara, a mulher seria viciada em drogas e teria matado o aposentado por causa de uma quantia de R$ 90. Sirléia teria se passado por diarista e trabalhava na casa da vítima.

As agressões ocorreram porque a mulher queria o dinheiro que estava no bolso do idoso. Para isso, Sirléia agrediu o aposentado com socos e golpes de um cabo de rodo. Antônio chegou a ficar 12 dias internado no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

A prisão da autora foi realizada pela Polícia Militar após representação da Polícia Civil e expedição de mandado de prisão preventiva pelo Poder Judiciário. Sirléia foi levada para o presídio de Caldas Novas.