Preso autor de roubo que tentou matar PMs durante fuga em Cachoeira Dourada

399

Após cometer crime contra transeuntes na cidade, Leonardo de Oliveira foi perseguido e disparou contra policiais militares, mas foi capturado

WhatsApp Image 2017-08-25 at 20
Leonardo de Oliveira

O Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri) cumpriu mandado de prisão preventiva contra Leonardo de Oliveira, 20 anos, por roubo qualificado por concurso de agentes e emprego de arma de fogo, bem como disparos em via pública no momento do crime. Na fuga, o investigado praticou tentativa de homicídio contra policiais e danos em patrimônio público. Sua captura se deu na sexta-feira (25).

O roubo ocorreu em de abril deste ano em Cachoeira Dourada contra transeuntes, que foram abordados por dois indivíduos armados em uma motocicleta. Policiais militares capturaram um dos deles, Lindomar dos Santos Alves Júnior, enquanto fugia pela rodovia BR-452, nas proximidades de Itumbiara. Leonardo fugiu em uma motocicleta, efetuando disparos contra policiais. Para a sua identificação, foi fundamental a colaboração da Polícia Militar de Itumbiara, além das pesquisas realizadas pela papiloscopista da 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC).

Após representação pelo mandado de prisão preventiva de Leonardo pela Polícia Civil e manifestação favorável pelo Ministério Público, esta foi concedida pelo Poder Judiciário de Cachoeira Dourada, sendo devidamente cumprido. O investigado já possui passagens policiais por tráfico e receptação. Ele foi abordado por policiais militares por ser suspeito de praticar outro roubo.

Leonardo foi indiciado pelos crimes de roubo qualificado, tentativa de homicídio, dano qualificado e disparo em via pública. O Gepatri investiga sua participação em outros roubos. O grupo especializado conta com a colaboração da população de Itumbiara, Cachoeira Dourada e região.