Preso em flagrante que apresentou nome falso tinha 5 mandados de prisão em seu desfavor

474
WhatsApp Image 2016-10-26 at 17
José Ribamar Oliveira, 42 anos

Um indivíduo preso em flagrante delito por policiais do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Novo Gama, no entorno do Distrito Federal, apresentou-se com nome falso. Descoberta sua identidade, os investigadores constataram a existência, contra ele, de cinco mandados de prisão.

Ao ser realizada a diligência, o conduzido se apresentou como Euler Mota. Em levantamento subsequente, os policiais civis verificaram se tratar, na verdade, de José Ribamar Oliveira, 42 anos. Contra ele havia cinco mandados de prisão abertos por diversos roubos e um por porte ilegal de arma de fogo.

Todos os mandados em desvafor de José Ribamar foram emitidos pelo Poder Judiciário do Distrito Federal. Além disso, ele foi autuado por falsa identidade.

O coordenador das ações, Danillo Martins, destaca a atuação dos policiais civis Carlos Bastos, Carlos Walber, Eufrásia Campos, Francisco Bezerra, Vinícius Bueno, Eduardo Bastos e Filipe Moreira.