Preso em Goiânia o sócio de Beira-Mar. Roni Peixoto, de 41 anos, vivia na Capital há 5 meses

363
Roni Peixoto de Souza

O maior traficante de drogas de Minas Gerais foi preso ontem em Goiânia. Roni Peixoto de Souza, de 41 anos, é um dos líderes da ramificação mineira do Comando Vermelho e tem negócios com Luiz Fernando de Souza, o Fernandinho Beira-Mar. Foragido desde julho de 2011, Roni vivia na capital há cinco meses.

A operação foi comandada pela Polícia Civil mineira, liderada pelo delegado Wanderson Gomes. Ele afirmou que as informações coletadas na investigação serão repassadas à Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) de Goiás. “Pelo perfil dele, pode ser que estivesse cometendo crimes aí também”, disse.

Érica Botrel Teixeira, da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), disse que Polícia Civil goiana vai investigar as ações do traficante no Estado. Ele foi capturado em casa, no Residencial Porto Seguro, um condomínio fechado de classe média alta.

Conhecido como Gordo, Roni morava em residência com segurança equipada com sistema de monitoramento por câmeras de televisão e cerca elétrica. Roni é condenado a 30 anos de prisão por tráfico de drogas. Ele responde processos por homicídio, posse e porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha.

 

 

Fonte: O Popular
Texto: Alfredo Mergulhão
Foto: Site A Redação