Preso em Goiatuba estelionatário que causou prejuízos de cerca de R$ 24,5 mil

512

Elcimar Vieira, mais conhecido como “Cigano”, fez inúmeras vítimas na cidade, inclusive idosa, o que pode dar causa a agravamento de pena

WhatsApp Image 2017-08-23 at 12
Elcimar Araújo Vieira, o “Cigano”

A Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Goiatuba cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de Elcimar Araújo Vieira, por alcunha “Cigano”, 37 anos, na quarta-feira (23). Ele é investigado por repassar cheques fraudados, constando ser pelos motivos de roubo/furto e divergência ou insuficiência de assinatura.

Várias vítimas de Elcimar foram identificadas. Calcula-se que o prejuízo causado pela ação do suspeito de estelionato gire em torno de R$ 24,5 mil. Após investigação e apuração dos fatos e autoria, foi ofertado ao judiciário local representação pela prisão preventiva, a qual foi decretada e cumprida em Caldas Novas, cidade onde se encontrava o autor.

Elcimar foi indiciado por quatro vezes pelo crime de estelionato. Somadas, suas penas podem chegar até 20 anos de reclusão. Ele ainda responderá pelo aumento de pena, tendo em vista que uma das vítimas é pessoa idosa, podendo a sanção por estelionato ser dobrada. Após procedimentos, o autuado se encontra recolhido na Unidade Prisional de Goiatuba, onde ficará à disposição da Justiça.

A equipe da DDP de Goiatuba é formada pelos agentes Winicius, Cruz e Paulo Correia, bem como pelas escrivãs Eleuza e Michele, coordenador pelo delegado Patrick Carniel.