Preso em Novo Gama segundo suspeito de tentativa de homicídio ocorrida em março

726
agenor fonseca
Agenor Fonseca

Policiais Civis da Delegacia de Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal, prenderam, no dia 15 de julho, Agenor Fonseca da Silva, segundo suspeito da tentativa de homicídio de Reginaldo Gomes de Lima, ocorrida em 23 de março, no bairro do Lago Azul.

De acordo com as investigações, coordenadas pelo delegado Danillo Martins, o crime foi motivado por briga de gangues da região, que envolvia dois irmãos da vítima. Reginaldo foi surpreendido a tiros por três elementos em seu estabelecimento comercial, uma panificadora, mas conseguiu escapar pela porta dos fundos.

O primeiro suspeito, Carlos Eduardo da Costa e Silva, de 22 anos de idade, conhecido traficante da região, foi o primeiro a ser preso, no dia 9 de junho, em Novo Gama (https://www.policiacivil.go.gov.br/noticias/27442.html). Ambos os suspeitos foram presos em cumprimento a mandado de prisão temporária. Agenor foi localizado e preso em Candangolândia, cidade satélite de Brasília.

“Os elementos de convicção angariados na investigação são robustos o suficiente para que a polícia tenha absoluta certeza quanto à autoria do crime”, disse Danillo. A Polícia continua as investigações quanto ao último suspeito. O delegado regional Rodrigo Mendes (5ª DRP) parabenizou a equipe envolvida nas investigações.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil – Com Natália Carvalho Fontineli, escrivã de Polícia
Foto: Polícia Civil / Novo Gama