Preso pela DEIC grupo de Anápolis suspeito de roubo a residências de luxo em Goiânia

626
deic residencias
Grupo atuava no Setor Jaó

A Polícia Civil apresentou, no dia 5 de março, uma quadrilha acusada de roubar residências de luxo em Goiânia. Segundo a polícia, os suspeitos são de Anápolis e agiam desde o fim de 2014 na capital. O grupo roubava casas e carros no Setor Jaó. No bairro, eles chegaram a assaltar a casa de um juiz e depois o abandonaram com a filha, de 9 anos, em um terreno baldio.

Rafael Santana de Almeida, de 23 anos; Carla Alves, de 22 (namorada de Rafael), e Samuel Marques Fragas, de 25, foram apresentados ontem na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC). Um dos integrantes da quadrilha, Everton Guedes Lins, está foragido.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Maurício Massanobu, a quadrilha era bem organizada e tinha uma maneira específica de agir. Ele ressaltou que a região foi escolhida por facilitar a fuga pela BR-153 e por ter casas de alto padrão.

De acordo com o delegado, Rafael é de família de classe média. “Apesar de sua família possuir diversas posses, o rapaz já tem diversas passagens pela polícia. Ele vem agindo no crime há algum tempo, apenas para ostentar e aparecer”, explicou.

O grupo ficava rondando o setor e esperando os moradores entrarem em suas casas para então rendê-los. Eles agiam de forma violenta para obter mais bens, como carros, joias, celulares e dinheiro.

Texto: O Popular
Foto: O Popular