Preso homem que matou comparsa que quis devolver moto roubada

467

gleison amorinhoPoliciais civis lotados no Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Novo Gama cumpriram, nessa terça-feira (7), mandado de prisão temporária em desfavor de Gleison de Amarinho Freire, investigado por homicídio qualificado e roubo majorado contra o próprio primo, crimes ocorridos em novembro do ano passado.

A investigação apurou que Gleison e a vítima, D.N.A, juntamente com outros indivíduos, roubaram uma motocicleta numa chácara, na zona rural de Novo Gama. Durante a ação criminosa, D.N.A teria reconhecido o proprietário da motocicleta roubada, pois ele era amigo de sua família, e resolveu voltar ao local do roubo para devolver o bem subtraído.

Ainda de acordo com as investigações, Gleison, não concordando com a decisão de D.N.A, se opôs à devolução da motocicleta. Os dois discutiram e Gleison efetuou disparos de arma de fogo contra seu comparsa, que foi socorrido, mas morreu no hospital. Tanto a vítima como o autor já haviam praticado diversos roubos juntos.