Preso pela DENARC tentou se passar por Elton, resistiu à prisão, mas não à farsa

630
Drogas, dinheiro e demais objetos apreendidos na residência de Romerson Jorge pela Polícia Civil

Policiais Civis da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (DENARC), sob o comando pelo Delegado de Polícia Alécio Moreira de Sousa Junior, Adjunto da Especializada, prenderam em flagrante, no último dia 11, Romerson Jorge da Silva,  pelos crimes de tráfico de drogas, posse de arma de fogo de uso permitido, uso de documento falso e resistência. Romerson resistiu à prisão, mas não à farsa pela utilização do nome falso.

Informações preliminares colhidas pelos policiais da DENARC indicavam que Romerson seria foragido da Comarca de Trindade e que estaria residindo e traficando drogas em Goiânia, especificamente na região do Bairro Cidade Jardim. Na noite da prisão, os policiais surpreenderam o traficante quando este chegava à sua residência numa moto Honda Titan, cor vermelha. Romerson Jorge resistiu à voz de prisão dada pelos Policiais Civis, mas acabou preso.

Delegado de Polícia Alécio Moreira Júnior

Ao se identificar à equipe da DENARC, o traficante disse chamar-se Elton Rodrigues da Silva.  No bolso de sua calça, os policiais encontram um Certificado de Registro da motocicleta que conduzia, em nome de Ana Paula Dutra Bandeira, e uma Carteira de Habilitação em nome de Elton Rodrigues da Silva, mas com a fotografia de Romerson. O traficante insistiu dizendo que seu documento verdadeiro. Ele não imaginava que os Policiais Civis já o conheciam e, ao ser chamado pelo nome próprio, confessou a utilização do documento falso.

Ao entrarem na residência do preso, os policiais encontraram sobre um sofá um revólver calibre 38, municiado com seis munições intactas de mesmo calibre e cinco munições de mesmo calibre, igualmente intactas. Na estante da sala foram localizadas mais cinco munições calibre 38 e sete de calibre 380. Também no sofá, escondido entre as almofadas,  os policiais localizaram dois tabletes de cocaína já refinada e numa gaveta do guarda-roupa foram encontrados quatro tabletes de pasta-base de cocaína e outros quatro  dentro do compartimento de verduras da geladeira.

Nas buscas no interior da residência do traficante, os Policiais Civis encontram também pequenas porções de droga na estante e no guarda-roupa. Numa das gavetas do guarda-roupas foram apreendidos R$ 4.000,00. Com Romerson Jorge foram apreendidos ainda VW Gol, cor prata, em nome de Jorge Macedo da Silva, e uma Carteira de Identidade em nome de Elton Rodrigues da Silva, com a foto do próprio Romerson Jorge. Interrogado, o traficante disse que já foi condenado pelos crimes de tráfico de drogas e roubo e que estava morando em Goiânia há cerca de dois meses. Com  relação às provas que o levaram à prisão, preferiu manter-se em silêncio.

 

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil, com informações da DENARC