Presos pela Polícia Civil autores de furto em boate de Goiatuba após morte do proprietário

753

Renata Valéria  e Hugo Paulino: Furto na Boate Bataclan

Três pessoas, sendo duas mulheres e um homem – Renata Valéria Araújo Pinheiro, Noêmia Elias Araújo e Hugo Paulino Silva -, foram presos ontem (17), em Goiatuba, por furto à Boate Bataclan, situada na Rua Almirante Barroso, nº. 710, Setor Oeste. região central daquela cidade. A boate havia sido foi palco de crime de homicídio no final da semana passada, quando dois elementos encapuzados desceram de  um Honda Civic, cor preta, placas de Catalão, Goiás,  e mataram o proprietário do estabelecimento, Fernando Santana Cunha, com 16 tiros.

Com o fechamento da boate, por motivo de luto e aproveitando-se do fato de que o corpo de Fernando Santana estava sendo velado em Uberlândia, Minas Gerais, o trio arrombou a porta da boate, de onde furtaram uma moto Honda Titan, cor preta, uma TV de 32 polegadas, uma maquina de lavar roupas, alguns engradados de cerveja e  diversos  objetos pessoais. Durante as investigações os Policiais Civis de Goiatuba  chegaram aos autores do crime, seguindo pistas do veículo utilizado no furto, um Corsa branco, de propriedade da suspeita Renata Valéria.

Televisor, engradado de cerveja, tênis e roupas recuperados pela Polícia Civil

Com relação ao homicídio de Fernando Santana Cunha, o crime também foi esclarecido pela Polícia Civil. O proprietário da Boate Bataclan, de acordo com as investigações, foi assassinado com a participação Danilo Geraldo da Mota, morador de Uberlândia. O suspeito é o ex-sócio da vítima e os dois haviam se desentendido recentemente.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil