Presos pela Policia Civil quatro jovens, ladrões ousados e violentos com as vítimas

897
Marcos Vinicius Nogueira, Gustavo Henrique Martins e Pedro Henrique Vieira: quatro dos bandidos presos pela Polícia Civil

Quem observa Pedro Henrique Vieira, um jovem de 19 anos, com menos de 1,60 metro de altura e de aparência franzina, não imagina do que ele é capaz. Em um período de 60 dias, ele e mais três rapazes “aterrorizaram” famílias de Goiânia, conta o delegado Lúcio Flávio Bernardes Melo, da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DFRVA). À base de muita violência, o grupo roubou veículos, residências e lojas.

Há relatos até de violência sexual, sob o comando de Pedro Henrique, que se tornou o substituto de André Daher, 22, um dos ladrões de carro mais perigosos do Estado e que, há nove meses, foi preso no Rio de Janeiro e trazido este mês para Goiás. Em março, com Daher, eles algemaram quatro PMs e levaram suas armas e depois incendiaram uma caminhonete em Goiânia.

 Pedro Henrique foi preso pela Polícia Civil na madrugada de segunda-feira (12) no Jardim Petrópolis, em Goiânia. Com ele, foram detidos também Marcos Vinícius Nogueira, 20, Raphael Cândido Bispo, 20, e Gustavo Henrique Martins Campos, 20, que saíram da prisão há 60 dias. Os três haviam sido presos em março pelo crime contra os PMs. Na ocasião, os acusados confessaram a participação a pedido de “Anderson”, como conheciam André, mas negaram os roubos.

 A Polícia Civil chegou ao grupo depois que um casal, que teve dois veículos roubados, reconhecer Marcos Vinícius. As vítimas relataram que o crime ocorreu com extrema violência física e psicológica. Com isso, foi descoberto o endereço do rapaz. Quando os policiais chegaram até a casa, havia um churrasco. No local, estavam quatro veículos, sendo constatado que um deles era fruto de roubo e outro estava com placas clonadas. Foram encontrados dois revólveres (.38 e .32), uma porção de maconha, etiquetas de adulteração de veículos e placas e diversos objetos roubados.

 Violência

 Enquanto a Polícia Civil realizava procedimentos na delegacia, Pedro Henrique e Marcos Vinícius foram reconhecidos como autores de um roubo ocorrido em uma academia no Jardim Ipiranga, no sábado (10). No local, eles levaram R$ 8 mil e agrediram várias pessoas. Ontem pela manhã (dia 13.12), mais de oito vítimas de roubos estiveram na Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores para reconhecer os acusados e pertences roubados. Entre eles, o microempresário Jair Correia, 60. A casa dele foi invadida pelos suspeitos em novembro. Eles levaram um veículo Gol, computador, microondas, televisão de Led, DVD e até travesseiros.

 Durante o roubo, Jair teve uma costela quebrada e inquilinos do microempresário foram queimados com perfume. “Foi horrível e, até hoje, estamos nos recuperando. Pensei que eles iam nos matar”, conta. Jair relata que os criminosos diziam que estavam com vontade de matar e que, por isso, era para todos ficarem quietos. “Foi muita tortura. Espero que a Justiça mantenha esses meninos presos.” O relato de violência se repete entre outras vítimas, com os suspeitos efetuando cortes, pisando e batendo.

Objetos pessoais roubados das vítimas pela quadrilha

 Na residência onde os suspeitos estavam, que é da mãe de Marcos Vinícius, foram encontrados um Polo Hatch, um Vectra, um Punto e o Gol de propriedade do filho de Jair. Um veículo Captiva foi encontrado, por meio de informações dos acusados, no Setor Campinas. Esse carro é de propriedade do casal que reconheceu os criminosos. Em meio aos objetos de roubos: bolsas, celulares, relógios, roupas, tênis, televisores, jogos infantis e até utensílios de cozinha.

 Crimes

Lúcio Flávio explica que os acusados vão responder por roubo qualificado, formação de quadrilha, porte ilegal de armas, adulteração de veículos, uso de entorpecente e corrupção de menores. O delegado diz que as investigações continuam para que possam ser encontrados possíveis receptadores e o responsável pela falsificação das placas.

Texto:Wanessa Rodrigues – O Hoje
Fotos:Site A Redação

Mais fotos:  Veículos e objetos  roubados pela quadrilha