Professor de música é preso em Iporá por estupro de vulnerável

455

abusoUm professor de música foi preso esta semana em Iporá acusado de ter abusado de uma aluna de apenas 11 anos. De acordo com os investigadores locais, R. L. foi até a casa da menina, que estava sozinha, com o pretexto de ver seu caderno. Na residência, ele teria apalpado a criança e se deitado sobre ela, acariciando seus seios. O professor ainda prometeu um teclado para que a menina consentisse no ato sexual e não revelasse o episódio, o que foi negado pela menor.

Após a notícia ser levada à Delegacia pelo pai da vítima, os agentes localizaram o acusado, que confirmou a versão da menina. Ele foi preso em flagrante pelo delegado Ramon Queiroz Rodrigues Silva, que o autuou pelo crime de estupro de vulnerável. Após a prisão, outras duas meninas procuraram a Polícia Civil e revelaram que também foram abusadas pelo mesmo homem.

Apesar do flagrante ter sido homologado, o Poder Judiciário decidiu colocar o professor em liberdade pouco mais de 24 horas após a prisão.