Quinteto é preso em flagrante ao furtar 42 reses na região de Goianésia

724

Cinco pessoas foram apresentadas na manhã desta segunda-feira (19/03) na Delegacia de Repressão a Crimes Rurais e de Divisas como responsáveis por um furto de 42 reses ocorrido na madrugada da última sexta-feira (16/03) na zona rural de Goianésia. Khetlley Paula Alarcon, Diego Soares de Oliveira, Thiago Soares de Oliveira, Sebastião Murilo Sulino da Silva e Rogério Ribeiro Damaceno foram autuados em flagrante por furto e associação criminosa.

De acordo com o delegado Glaydson Divino Carvalho, o bando já vinha sendo investigado há cerca de seis meses, suspeito de praticar vários furtos e roubos na região do Vale do São Patrício. “Em alguns casos eles subtraíam o gado sem que ninguém percebesse, mas em outros, quando havia vítimas nas propriedades, eles agiam com muita violência”, contou.

Os animais recuperados estavam sendo transportados em dois caminhões e já foram devolvidos aos legítimos proprietários. Glaydson explicou que os motoristas que estavam dirigindo estes caminhões não estão envolvidos com o grupo criminoso: “Os caminhoneiros deste caso foram contratados apenas para fazer o frete, sem saber que os animais eram produto de crime. A quadrilha inclusive falsificava guias para o transporte do gado”, afirmou. Apesar disso, o delegado não descarta que outras pessoas façam parte da associação criminosa: “Estamos verificando se não há ninguém daquela região repassando informações acerca das fazendas para os ladrões”, frisou.

Glaydson destacou que as diligências que levaram à prisão do quinteto contaram com o apoio de investigadores da Delegacia Regional de Goianésia (15ª DRP).