Joaquim Mesquita faz visita a ADPEGO e fala dos planos à frente da Pasta aos Delegados

276
Secretário Joaquim Mesquita, ao centro, conversando com Waldson de Paula Ribeiro (E) e Carlos Roberto Teixeira

O Secretário da Segurança Pública e Justiça de Goiás (SSPJ), Joaquim Mesquita, fez ontem pela manhã (06.12), uma visita de cortesia à Associação dos Delegados de Polícia (ADPEGO). Recebido por um grupo de Delegados, tendo à frente o Presidente da entidade, Waldson de Paula Ribeiro, Joaquim Mesquista ficou bem à vontade e falou por cerca de 30 minutos sobre seus objetivos à frente da Pasta, a qual assumiu no final de outubro. O delegado de Polícia Fernando Sakuraba, Diretor da ADPEGO, falou em nome da categoria, ficando a cargo de Walson de Paula os agradecimentos finais.

Joaquim Mesquita disse que deixou a Superintendência da Polícia Federal em Goiás para assumir a Segurança Pública certo da missão que tem à sua frente. Afirmou que não fez gestão para dirigir a SSPJ e que tudo aconteceu naturalmente. Observou que  “Deus sempre me colocou nos caminhos certos e que jamais me deixou na mão ou me jogou numa fria”. Disse ainda que “se sou hoje Secretário da Segurança Pública e Justiça de Goiás e por vontade de Deus e que, como titular da Pasta, farei o melhor pela segurança do povo goiano”.

O titular da SSPJ, que havia prometido a visita, assinalou que pretende implementar um trabalho que possa modernizar as instituições que compõem a segurança pública goiana, investindo mais em tecnologia e no material humano. Afirmou que uma das metas é recompor os quadros das policiais, hoje bastante defasados. Afirmou que nesse aspecto é necessário estabelecer uma proporcionalidade de servidores entre as Polícia Civil e Militar para que não haja uma sobrecarga de trabalho, principalmente em relação à primeira, que recebe as demandas maiores da Policia Militar.

Waldson de Paula e Joaquim Mesquita em momento de descontração. À direita, o ex-Presdiente da ADPEGO, Alaor de Araújo

Joaquim Mesquista fez um reconhecimento público ao trabalho louvável desenvolvido pelos Delegados de Polícia e por toda a Polícia Civil. Segundo ele, apesar de  sobrecarregados de trabalho, os Delegados se sobressaem nas investigações, apoiados por suas equipes de policiais. Durante os elogios, Mesquita fez questão de dizer que o trabalho é tão bom que sentiu orgulho quando leu a representação elaborada pela Delegacia de Homicídios que embasou a prisão dos envolvidos na chamada Chacina do Parque Olímpico. “Bem fundamentada, algo assim para sentir muito orgulho”, assinalou.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Fotos: Eduardo Ferreira