Ao deixar audiência, suspeito de dirigir carro roubado é preso na porta do MP de Itumbiara

363
dhieferson
Dhieferson Conde

A Polícia Civil de Itumbiara, por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (GEPATRI), prendeu, no dia 23 de julho, Dhieferson Conde Tosta, após suspeitar da procedência do seu veículo, parado no estacionamento externo do Ministério Público de Itumbiara. O carro foi avistado por policias que faziam diligências no Setor Dom Bosco, em busca de pessoas envolvidas em práticas criminosas.

Segundo o delegado Rogério Moreira, coordenador do GEPATRI, Dhieferson foi abordado quando chegou ao carro, um veículo VW Golf prata, com placas de São Paulo, ao sair de audiência no Fórum, onde responde processo-crime por porte de arma de fogo e crime de roubo de cargas, em Itumbiara.

Ao afirmar não possuir a documentação do veículo, durante a abordagem policial, o jovem aumentou as suspeitas de irregularidade ou origem ilícita do veículo. Na delegacia, a polícia constatou diversos sinais de adulteração no carro, além de ter localizado mandado de prisão expedido pela Comarca de Goiatuba, em desfavor ode Dhieferson, por ter sido reconhecido por vítima de roubo a caminhonete.

Neste momento, foi dada voz de prisão, pelo referido mandado e pela prática de receptação dolosa. O veículo será encaminhado à perícia para materialização técnica da conduta delitiva. Dhieferson foi recolhido ao Presídio de Sarandi, onde permanecerá à disposição da justiça.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GEPATRI / Itumbiara