Suspeito de matar mulher com golpes na cabeça é preso. Crime ocorreu em julho de 2013

285
????????????????????????????????
Guilherme Vitor

A Polícia Civil apresentou no dia 15 de setembro o suspeito de um crime ocorrido em julho de 2013. Pouco mais de um ano após o caso, Guilherme Vitor da Silva, 21, foi preso na casa de um amigo, na cidade de Santo Antônio de Goiás, no entorno da Capital. A vítima, Roselena da Silva, 30, foi morta após ser abusada sexualmente com golpes aplicados com uma barra de concreto na cabeça.

Delegado adjunto da especializada em Investigação de Homicídios (DIH) de Goiânia, Thiago Torres cuida do caso e detalhou que o processo já foi encaminhado para a Justiça. A intenção é que a prisão preventiva seja convertida o quanto antes para prisão temporária, para que o criminoso possa ser mantido encarcerado à espera de julgamento. Guilherme Vitor permanece detido nas dependências da DIH.

O rapaz não apresentou justificativa para o crime. Contou apenas que se desentendeu com Roselena na saída de uma casa de dança, localizada no Setor Barravento, onde ele teria a conhecido. O autor não quis falar com a imprensa no momento da apresentação. Mas ao delegado ele disse que o desentendimento se deu após a recusa de Roselena em manter relações sexuais com ele. Ele teria, então, a arrastado até um lote baldio, onde a empurrou.

Guilherme teria, então, mantido relações sexuais com a mulher desacordada. Após a prática, ele buscou um pedaço de meio-fio e a atingido com pelo menos dois golpes na cabeça. A mulher morreu no local e foi encontrada por populares. Guilherme fugiu logo após o ocorrido. Passou oito meses na região do Entorno de Brasília, em casas de familiares. Ele teria retornado há menos de um mês.

Texto: Cristiane Lima – Jornal O Hoje
Foto: Jornal O Hoje