Caldas Novas: Técnica de enfermagem será indiciada por omissão de socorro

500

brasaoUma técnica de enfermagem de Caldas Novas será indiciada pela omissão de socorro que pode ter causado a morte do jovem Wellington Rodrigues Costa, de 23 anos, em agosto do ano passado. O inquérito que apura a morte foi concluído um ano depois de o jovem, em crise de insuficiência respiratória, ter atendimento negado no Pronto Atendimento Infantil (PAI).

De acordo com as investigações, o jovem sofre um acidente e passou por um procedimento de traqueostomia. Após alta médica, Wellington recebeu orientação para procurar ajuda imediata, em hospital, caso o aparelho saísse do lugar. No dia 21 de agosto de 2013, o aparelho saiu do lugar, enquanto o rapaz lavava o equipamento.

Acompanhado do pai, Wellington procurou atendimento no PAI, para recolocação do aparelho. Na ocasião, ele foi atendido pela técnica de enfermagem que, mesmo diante da situação de emergência, não chamou um médico e ainda orientou que Wellington procurasse atendimento numa Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Com dificuldade para respirar, o rapaz acabou falecendo, mesmo após todos os procedimentos tomados por profissionais da UPA, inclusive, manobras de reanimação. Desde então, 25 testemunhas foram ouvidas, a maioria profissionais de saúde que estavam de plantão no dia do fato.

Diante de todos os elementos de informação colhidos, a técnica em enfermagem será responsabilizada pelo crime de omissão de socorro, que pode ter pena aumentada em virtude da morte do paciente.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil