TJGO elogia policiais civis por elucidação de falsificação de alvarás

552

deicO Tribunal de Justiça de Goiás enviou ofício ao Delegado Geral da Polícia Civil de Goiás, Álvaro Cássio dos Santos, cumprimentando a instituição e os policiais envolvidos na investigação e conclusão do inquérito 177/2015, relativo aos crimes cometidos por Leandro Rodrigues de Morais, que efetuou saque de valores em penhora on line, mediante utilização de alvarás falsos emitidos na senha de uma ex-funcionária da 11ª Vara Cível de Goiânia.

No documento, o juiz Wilson da Silva Dias cumprimenta a equipe da Delegacia de Investigações Criminais (Deic), chefiada pela delegada Mayana Rezende. São relacionados no ofício os policiais Poliana Carneiro Santana, Wellington José Barbosa, Renaud Pimentel Frazão Neto, Orivaldo dos Santos, Erasmo Ribeiro Carvalho, Vinícius Rego Borges, João Paulo Diniz da Silva e Ivam Moreira Soares.

Leandro Rodrigues de Morais, Ricardo Borges Rocha e Rondriander Lourenço Camargo, presos no início de abril, causaram prejuízos avaliados em mais de R$ 200 mil. De acordo com a delegada Mayana Rezende, os investigados filmaram uma estagiária do Poder Judiciário digitando sua senha para acessar os procedimentos. Com a senha, eles conseguiram inserir o nome de Leandro como beneficiário de valores depositados em juízo

Relembre a prisão de Leandro:
https://www.policiacivil.go.gov.br/noticias/policia-civil-prende-acusados-de-falsificacao-de-alvaras-judiciais.html