Traficante e autor de um duplo homicídio é preso pelo Genarc, de Aparecida de Goiânia

456
Droga apreendida pelos Policiais Civis

Após 90 dias de investigações, Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos – GENARC, de Aparecida de Goiânia, prenderam, na manhã de ontem (19.08), Geraldo Cordeiro da Silva. Ele foi encontrado na residência de sua namorada e tinha em seu poder uma Pistola calibre 380, municiada.

Após prender Geraldo Cordeiro, os policiais do GENARC se dirigiram à outra residência, situada no Setor Cidade Satélite São Luiz, em Aparecida de Goiânia. No local, encontraram um laboratório de refino de droga e apreenderam 20 quilos de maconha, meio quilo de cocaína, ácido bórico, cafeina, éter, balanças de precisão, prensa hidráulica  e apetrechos usados para o refino de cocaína.

Geraldo Cordeiro da SIlva, segundo o delegado Germano de Castro, Coordenador do  Genarc, é suspeito de um duplo homicídio, crime ocorrido no 08 de junho de 2013, em Aparecida de Goiânia, tendo assassinado, na oportunidade, um cadeirante, dono de uma boate, e um segurança.

A arma apreendida pelo Genarc foi, provavelmente, a usada por Geraldo Cordeiro nos assassinatos. Germano Castro diz que as investigações prosseguem com a finalidade de serem identificados os fornecedores das drogas para Geraldo.