Traficante agia em três cidades do interior e foi preso pelo Genarc de Anápolis

580
Mateus Luiz: preso pelo Genarc

Traficante que atuava nas cidades de Abadiânia, Goiânia e Leopoldo de Bulhões foi preso por Policiais Civis do Grupo Especial de Repreensão a Narcóticos – GENARC, de Anápolis, na última segunda-feira, 28/05. Mateus Luiz da Silva estava sendo monitorado  há aproximadamente 10 dias e foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

O Delegado Alex Nicolau do Nascimento Vasconcellos, Coordenador do GENARC, disse que durante o tempo em que Mateus Luiz estava sendo monitorado foi possível saber como ele atuava. “Durante as investigações, acompanhamos as atividades de Mateus para então o abordar no momento em que ele entregava a droga para três usuários que vieram de Abadiânia”, conta o delegado.

Durante a prisão em flagrante, o acusado confessou seu envolvimento com o tráfico e contou que possuía mais entorpecentes em sua residência. “Quando chegamos em sua casa encontramos um pouco da droga que estava secando no microondas, além de 1 quilo de maconha, 50 gramas de cocaína, uma balança de precisão e uma faca com resquício de drogas ilícitas”, informa Alex Nicolau.

Drogas apreendidas com Mateus Luiz

Para vender o material em Anápolis e nas cidades vizinhas, Mateus utilizava um veículo GM Celta.  O acusado, que possuía um lucro diário de R$800 a R$ 1.000, está preso na carceragem do GENARC aguardando uma vaga no presídio da cidade. Mateus Luiz da Silva foi autuado por tráfico, sujeito a uma pena que varia entre 5 e 15 anos.