Traficante que lucrava R$ 1.500 por dia com venda de drogas é preso pelo Genarc de Anápolis

321

Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos – GENARC, de Anápolis, prenderam na última sexta-feira, 27/04, Valter Júnior Fagundes, de 31 anos. Valter, o “Fitão”, é acusado de comercializar drogas dentro do Pit Dog em que trabalha – o local fica próximo ao Fórum, Câmara Municipal e Prefeitura de Anápolis.

O Delegado Alex Nicolau do Nascimento Vasconcellos, Coordenador do GENARC, informa que Valter foi preso dentro da própria residência quando fazia a entrega de uma porção de cocaína. De acordo com as investigações o acusado vendia cerca de 30  gramas de cocaína por dia, o equivalente a R$ 1.500,00.

Alex Nicolau disse ainda que as investigações para que Fitão fosse preso duraram aproximadamente duas semanas. Durante esse período a Polícia Civil realizou a coleta de filmagens e fotos do acusado comercializando droga – ele deixava a porção de droga no banheiro do Pit Dog para que o usuário pegasse sem chamar a atenção. “Com a investigação ficou evidenciado que Fitão realmente comercializava drogas no local de trabalho em grande quantidade. Além disso ele era apontado por usuários como possuidor de uma droga de excelente qualidade”. Agora, Valter Júnior Fagundes está preso na carceragem do GENARC à disposição do Poder Judiciário.