Em Luziânia, traficante reincidente é presa pelas equipes do GENARC e GIH

369
marilene alves
Marilene Alves de Oliveira

Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Luziânia, em diligência conjunta, coordenada pelo delegado Eduardo Gomes, prenderam em flagrante, no dia 8 de junho de 2015, Marilene Alves de Oliveira, de 32 anos, mais conhecida por “Karol”, reincidente na prática do crime de tráfico de drogas.

Os policiais chegaram à suspeita, após diligências, a fim de averiguar uma denúncia anônima, segundo a qual um ponto de venda e consumo de drogas estaria funcionando num bar, já conhecido por ser ponto de prostituição e palco de homicídios passados. No local, foram achadas várias porções de maconha, cocaína e crack, em acondicionamento específico para a venda, além de certa quantia em dinheiro.

Os policiais também diligenciaram na residência da investigada, onde foram achados mais porções de cocaína, acondicionadas dentro de um preservativo, uma pedra de crack, de tamanho considerável, escondida dentro de uma bíblia e duas porções de maconha. Todo o material encontrado foi apreendido na sede do GENARC, onde a suspeita foi autuada em flagrante.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Luziânia