Casal é preso em Luziânia por abuso sexual contra criança

737

A equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Luziânia, com apoio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), cumpriu, na manhã desta sexta-feira 2, mandados de prisão temporária em desfavor de um casal investigado por abusos sexuais contra criança. Foram presos J. B., de 51 anos, e sua esposa, 26.

De acordo com às investigações, no últimos três anos, J. B. teria praticado diversos abusos sexuais contra uma criança, sua enteada, que na época tinha 6 anos de idade.

A criança teria relatado os abusos para sua mãe, a qual não tomou nenhuma medida para cessar o crime, bem como não comunicou os fatos aos órgãos competentes para a apuração. Sem amparo da genitora, a vítima procurou pela madrasta, e relatou o ocorrido.

A mãe da criança já foi destituída da guarda provisoriamente, e esta, entregue aos cuidados do pai.

O casal preso responderá por estupro de vulnerável, estando sujeitos a penas de até 15 anos de reclusão. A mãe, por sua omissão, quando tinha o dever de evitar o crime, responderá pelo mesmo crime praticado pelo autor dos abusos.