GIH de Rio Verde prende dupla suspeita de homicídio

387
anderson e mario
Anderson Aquino e Mário César

Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Rio Verde, coordenados pelo delegado Francisco Lipari, prenderam, no dia 26 de agosto, Anderson Aquino Alves de Jesus, de 19 anos, localizado em uma fazenda de Rio Verde. No dia anterior, 25 de agosto, os policiais haviam prendido, na cidade de Nerópolis, Mário César Araújo Silva, de 24 anos. Ambos foram indiciados pelo homicídio de Robson Procópio de Jesus, ocorrido em 1º de março, na casa da vítima, no Setor Pausanes, em Rio Verde.

De acordo com as investigações, Anderson devia R$ 260 à vítima. Horas antes do crime, Mário teria ido à casa do devedor e pegado um aparelho de som como pagamento pela dívida. Entretanto, o aparelho pertencia a Mário, cunhado de Anderson, que morava na mesma residência. A dupla teria ido armada à casa de Robson e exigido que ele devolvesse o aparelho.

Após discussão, Robson acabou alvejado por três disparos. Após o crime, Mário abandonou a cidade, passando a residir em Nerópolis. Anderson, por sua vez, estava escondido numa fazenda localizada em Rio Verde.