Acusado de matar companheira em crime brutal é preso em Morrinhos

389

JONATHAN ALVES RIBEIRO DA SILVAA Polícia Civil de Morrinhos cumpriu , no dia 15 de junho, mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da Comarca de Morrinhos, em desfavor de Jonathan Alves Ribeiro da Silva, de 32 anos, pelo assassinato de sua companheira Francisca Cleidilania Alves do Carmo, ocorrido em 14 de maio do corrente ano. À polícia, o autuado alegou ter matado por ciúmes.

De acordo com as investigações, na ocasião do crime, Jonathan arrastou Francisca pelos cabelos até o meio da rua e, após espancá-la com socos e chutes,  a matou com uma facada, empreendendo fuga do local. Diante dos graves fatos, a Polícia Civil passou a investigar o caso e representou pela prisão preventiva do autor.

Segundo o delegado Fabiano Henrique Jacomelis, o crime foi praticado com extremo grau de violência, sendo que Jonathan foi indiciado por crime de feminicídio, cuja pena pode chegar até 30 anos de reclusão. Além disso, foi apurado que Jonathan possui passagens anteriores por crimes de furto, e violência doméstica.