Após utilizar perfil “fake” e divulgar fotos íntimas de adolescente, homem é preso em Anápolis

124

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Anápolis, com apoio da 2ª Delegacia Distrital de Polícia de Anápolis, cumpriu, nesta quarta-feira (27), um mandado de prisão preventiva e de busca e apreensão em desfavor de investigado pelos crimes de armazenamento e divulgação de fotografias contendo cena pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Apurou-se, em síntese, que o investigado, passando-se por uma adolescente, passou a conversar com a vítima, também adolescente, por meio de aplicativos de mensagem. O “fake” e a jovem chegaram a encaminhar entre si fotografias íntimas.

Em certo momento, a vítima quis interromper a conversa e o encaminhamento de fotografias íntimas suas e, com isso, o investigado teria divulgado as fotografias pornográficas da vítima nas redes sociais, de modo que os familiares da vítima tomaram conhecimento sobre os fatos e noticiaram à Depai.

Com o decorrer das investigações, foi possível identificar a pessoa que estaria conversando com a vítima como sendo este homem, maior de idade. Ele já ostenta registros criminais por fatos semelhantes.

Em razão da gravidade dos fatos, bem como diante do risco de reiteração delitiva, representou-se pela prisão preventiva do investigado.

Além da captura do investigado, foram apreendidos objetos eletrônicos, com o objetivo de que sejam encaminhados à perícia, após autorização judicial nesse sentido.

O capturado foi encaminhado à Unidade Prisional de Anápolis, permanecendo à disposição do Poder Judiciário.