Autor de homicídio é preso pelo GIH de Luziânia

733
pablo escobar
Pablo Escobar

Autor de homicídio é preso em Luziânia – Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, com o apoio dos policiais civis da 2º Delegacia Distrital de Polícia de Luziânia, prenderam em flagrante, no dia 28 de outubro, Pablo Escobar Gomes Rago, de 18 anos, pelo crime de homicídio qualificado.

O crime em questão ocorreu no dia anterior à prisão. A vítima, Juscelio Eduardo Gonçalves, de 26 anos, foi atingida por disparos de arma de fogo, na porta de sua casa, no Parque Mingone II, em Luziânia. Após o crime, os policiais civis do GIH diligenciaram e conseguiram informações sobre a autoria, iniciando uma perseguição ao suspeito.

Ao ser localizado, Pablo Escobar portava um celular contendo mensagens dele em conversa com amigos sobre a execução da vítima. De acordo com as investigações, o crime foi motivado pelo fato de Juscelio ter se envolvido com a mulher do autor. A vítima já vinha sendo ameaçada por esse motivo, conforme relatado pelo pai da vítima, Juscelino Gonçalves.

O autor possui uma tatuagem de palhaço na perna direita, cujo significado, na linguagem do crime, é “matador de polícia”. O delegado regional, Rodrigo Mendes de Araújo, parabenizou a todos os policiais pela rapidez na ação que resultou na prisão desse criminoso.