Concluído inquérito sobre homicídio brutal em Jaraguá

387
cisterna
Cisterna onde estava o corpo

O delegado Tibério Martins Cardoso concluiu o Inquérito Policial que apurou o homicídio de Maria Lucilene Leite da Silva, conhecida por Lucinha, encontrada morta no dia 20 de junho de 2012, dentro de uma cisterna, na Chácara Capivara, nas imediações da BR­-153, em Jaraguá­/GO.

De acordo com as investigações, o crime brutal ocorreu na madrugada do dia 16 de junho de 2012. Lucilene foi atirada dentro de uma cisterna de 1,5 metro de profundidade e, em seguida, teve o corpo incendiado. O corpo foi encontrado já em estado avançado de decomposição (esqueletização) e parcialmente carbonizado.

A suspeita da autoria recaiu sobre Vilmar Lino Soares, conhecido pela alcunha de Tchula. Após as oitivas, a Polícia Civil representou por sua prisão junto ao Judiciário. Segundo os depoimentos inclusos nos autos, a vítima teria furtado um aparelho celular do suposto autor, o que teria motivado o crime.