Deai faz ação de conscientização sobre violência contra idosos

431

deaiPoliciais civis da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (Deai) realizaram, nesta quarta-feira (15), uma ação de conscientização sobre os crimes cometidos contra idosos. A ação, em parceria com a Secretaria Cidadã, foi realizada na Praça do bandeirante, no Centro de Goiânia, e fez parte do Dia Mundial de Enfrentamento e Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa.

Segundo a delegada Ana Lívia, titular da Deai, os maiores autores de crimes contra os idosos são filhos, netos, sobrinhos, curadores e cuidadores. “Muitas vezes, a pessoa se cala sobre os diversos tipos de violência que sofre e se isola. Por isso, é tão importante que vizinhos e a sociedade como um todo se conscientize sobre a importância de denunciar”, orienta.

Os crimes contra idosos podem ser físicos (quando há agressão) ou psicológicos, de maus tratos, abandono, negligência e omissão ou financeiros, quando alguém se apropria ou desvia bens, proventos ou qualquer outro rendimento do idoso. Ana Lívia reforça que todo cidadão tem o dever de comunicar à autoridade competente qualquer forma de violação aos direitos dos idosos. “o anonimato é garantido”, ressalta.