Deam de Caldas Novas prende homem que ameaçava ex-mulher

341

deam caldas novas3Equipe Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam) de Caldas Novas cumpriu, no dia 27 de março, mais um Mandado de Prisão Preventiva contra Wilson Ronnie, de 41 anos, autor de agressões e ameaças pela Lei Maria da Penha.

Segundo a delegada Sabrina Leles, o preso já era investigado por agressões físicas praticadas contra sua ex-companheira, L.C.F.M., com que manteve união estável e possui dois filhos. A vítima, inclusive, possuía proteção por Medidas Protetivas de Urgência, deferidas judicialmente.

No entanto, mesmo sabendo da imposição judicial de manter distância e não manter contato com a ex-companheira, Wilson, não conformado com o fim do relacionamento, proferia ameaças de morte contra a vítima, além de lhe perturbar a tranquilidade, até mesmo em seu ambiente de trabalho.

A obsessão de Wilson era tamanha, que mesmo após o fim do relacionamento, ele tatuou o rosto da ex-companheira em seu abdômen. Além disso, Wilson realizava rituais de magia negra, chegando a enterrar uma maçã contendo fios de cabelo da vítima, no quintal da casa dela.

Desta forma, a Polícia Civil representou pela expedição de mandado de prisão preventiva, que foi deferido judicialmente, sendo devidamente cumprido na presente data.  O preso encontra-se recolhido a Unidade Prisional de Caldas Novas, e agora divide espaço com outros 47 presos, que também se encontram recolhidos pela Lei Maria da Penha.