Deam de Goianésia prende filha que agrediu mãe idosa

306

AgressãoEquipe da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia prendeu, no dia 20 de novembro, uma mulher de 39 anos, após a mesma agredir a própria mãe, uma idosa de 61 anos. De acordo com relatos da vítima à Polícia Civil, a mulher foi morar na casa da mãe há dois meses, depois de ter sido quase morta pelo ex-companheiro.

De acordo com depoimento da vítima, a agressora é usuária de crack. A autora teria chegado em casa e foi servir o jantar. De repente, a mulher jogou o prato de comida quente sobre a mãe e arremessou contra ela uma garrafa com água, atingindo-a no rosto. Os vizinhos, incomodados com o barulho, acionaram a Polícia Civil.

Ao chegar ao local da agressão, a delegada Poliana Bergamo e o agente Elton Alexsandre encontraram a mulher suja de comida e com hematomas pelo corpo. A agressora havia fugido, mas foi presa mais tarde, depois que o agente fez campana nas proximidades da residência e flagrou a mulher em nova discussão com a mãe, após retornar à casa. Segundo a vítima, as agressões eram constantes. A autora foi indiciada com base na lei Maria da Penha.