Deam de Goianésia prende pai que abusou da filha por 10 anos

387

abuso sexualA Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia prendeu, no dia 4 de setembro, um homem de 39 anos, acusado de abusar sexualmente de sua filha. Os crimes aconteceram de forma continuada, desde 2006, quando a vítima tinha apenas seis anos de idade. A adolescente, hoje com 16 anos, contou sobre os abusos para a avó.

Segundo a delegada Poliana Bergamo, a vítima já foi encaminhada para acompanhamento psicológico. O laudo pericial apontou forte sofrimento psíquico. O inquérito policial já foi concluído e o acusado foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, com pena aumentada por ser pai da vítima. “Considerando que o crime foi continuado, o acusado poderá pegar uma pena máxima de aproximadamente 37 anos de prisão”, contou a delegada.