Dois meses após indiciamento, homem é novamente preso pela DENARC

376
hyago
Hyago Oliveira Martins

Policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (DENARC) prenderam, no dia 28 de janeiro, Hyago Oliveira Martins, que portava um revólver calibre 32 municiado. Em novembro, ele já havia sido indiciado por posse de armas e munições e tráfico de drogas.

De acordo com o Delegado Gylson Mariano, na circunstância anterior, agentes da DENARC apreenderam munições de uso permitido e de uso restrito, balança de precisão e crack na casa de Hyago. Na ocasião, ele não foi encontrado, mas se apresentou à delegacia, dias depois, acompanhado de advogado.

No dia 28 de janeiro, os policiais da DENARC descobriram que Hyago havia se mudado e levantaram a informação de que ele estaria circulando armado pelo Residencial Paulo Pacheco, em Goiânia. Diante das suspeitas, os investigadores foram até a nova residência de Hyago e o flagraram com um revólver. Na casa, os agentes também encontraram uma pequena quantidade de maconha.

Segundo Gylson Mariano, o preso não pagou a fiança e está recolhido na carceragem da Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH). “As circunstâncias do caso indicam a periculosidade do preso, por isso o valor arbitrado como fiança foi mais elevado”, explicou.