Dois são presos por uso de documento falso em Cocalzinho

524

documento falso_2Policiais civis de Cocalzinho prenderam, no dia 6 de junho, Andson de Assis Borges Trigueiro, que apresentou documentos falsos ao tentar fazer uma procuração no cartório local. De acordo com as investigações, o homem tentava fazer o documento para transferência de propriedade de um veículo. Ao chegar ao cartório, os policiais questionaram Andson sobre o nome dos pais, sendo que o mesmo confessou se passar por outra pessoa.

Na delegacia, Andson confessou a prática delitiva e disse ter agido associado a outro indivíduo, conhecido por Neto, que teria o conduzido até o cartório e fornecido a documentação falsa. Segundo o depoimento, o comparsa estaria do lado de fora do cartório e fugiu ao notar a presença dos policiais.

As características de Neto foram repassadas à Polícia Militar, que o localizou, já em fuga, na BR-070, sentido Distrito Federal. Na delegacia, Neto confessou seu envolvimento com Andson, e disse que o documento falso seria destinado a outra pessoa, também do Distrito Federal, para fins de venda de veículo.

Diante do fato, foram realizados autos de prisão em flagrante em desfavor de Andson de Assis Borges Trigueiro e Manoel Porfiro da Silva, pelo uso de documento falso, sendo que este último já é réu em duas ações penais em decorrência de outras duas autuações no mesmo crime, ocorridas no Distrito Federal.