DPCA prende padrasto suspeito de abusar da enteada durante nove anos

350

IMG-20160525-WA0073Policiais civis da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) de Aparecida de Goiânia prenderam preventivamente nesta quarta-feira (25/05) o vendedor Carlos Alberto Seixos Dourados Filho, de 45 anos, suspeito de abusar sexualmente de sua enteada. A vítima, que tem 15 anos, relatou à delegada Caroline Borges Braga que os abusos aconteciam há aproximadamente 9 anos. “A adolescente nos contou que os abusos começaram quando ela tinha 6 anos. Inicialmente eram atos libidinosos diversos da conjunção carnal. Depois que a menor completou 13 anos as conjunções carnais tiveram início”, explicou a delegada.

Caroline ainda destacou que a adolescente passou por exames psicológicos que apontaram “indícios e características emocionais de quem teria sofrido abuso”. Carlos Alberto negou as agressões e disse não entender por qual motivo a enteada o acusa. A mãe da garota, que tem dois filhos com o suspeito, declarou na delegacia que percebia um ciúme exagerado do marido pela adolescente e contou que geralmente dormia cedo, antes dos dois.

A prisão aconteceu no setor Alphaville, em Goiânia, na saída para Guapó.