Duas são presas, em Caldas Novas, por “sextorsão”

501

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Caldas Novas, prendeu duas pessoas em flagrante pelo crime de “sextorsão”,  extorsão mediante chantagem “pornográfica”.

A vítima foi à delegacia na manhã desta quarta-feira (1), alegando que na noite de terça (31) fez programa sexual com duas travestis e que elas filmaram momentos do ato sexual. Ele disse ainda que as duas exigiram dinheiro mediante a ameaça de divulgação do material na internet.

O homem, então, transferiu R$ 1.390,00. Elas, não satisfeitas com o valor, disseram que deveriam receber mais dinheiro nesta quarta (1), mantendo a ameaça de divulgação das cenas.

A equipe de policiais civis orientou o homem a marcar encontro com as criminosas, para efetuar o pagamento em troca do vídeo ser apagado em sua presença. Confirmado o encontro, a PC se deslocou ao local marcado. Após avistarem a aproximação da motocicleta com as duas e receberem o sinal de confirmação da vítima, foi realizada a abordagem, que resultou na prisão em flagrante e na apreensão de provas do delito.

As investigadas foram autuadas pelo crime de extorsão cometido por duas ou mais pessoas, cuja pena pode chegar a 15 (quinze) anos de prisão.