Dupla de homicidas é presa em Niquelândia

584
marcelo e ueverson
Marcelo e Ueverson

Policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos e Investigação de Homicídios (Genarc/GIH) de Niquelândia prenderam, no dia 19 de janeiro de 2016, Marcelo Tiburcio dos Santos, vulgo “Cacá”, por envolvimento na morte de Júlio Sésar Pereira da Silva, em 11 de setembro de 2015. O comparsa dele, Ueverson Rosa da Silva, que já estava preso, também recebeu voz de prisão. Ele estava preso por roubo, ocorrido em outubro do ano passado.

Segundo o titular do Genarc/GIH, delegado Cássio Arantes, ambas as prisões se deram em cumprimento a mandados de prisão expedidos pelo Poder Judiciário. De acordo com as investigações, o carro de Júlio Sésar foi encontrado em chamas no anel viário da cidade, e seu corpo encontrado na mesma região, três dias depois. Segundo Arantes, a taxa de elucidação de homicídios em Niquelândia em 2015 chega a 93%.