Jaraguá: Dupla suspeita de homicídio é presa pela Polícia Civil

365
nedimar
Nedimar e Leandro

A Polícia Civil de Jaraguá concluiu nesta sexta feira (1º) mais um caso de homicídio praticado na cidade. No dia 22 de maio do corrente ano, Raymisson Gomes de Queiroz foi morto por dois homens que o abordaram em frente sua casa e dispararam quatro vezes contra a vítima. As investigações apontaram como suspeitos Leandro Silva Amaral e Nedimar José Lobo, conhecido como “Parente”.

Os dois suspeitos desapareceram da cidade após o crime. Diante dos indícios de autoria, o delegado Tiberio Cardoso representou pela prisão temporária dos suspeitos. Localizados e presos, os dois confessaram a participação no crime e apontaram como motivo uma briga envolvendo Nedimar e a vítima, horas antes, em uma chácara.

Após retornar da chácara, Nedimar contactou Leandro, que emprestou a arma de fogo e pilotou a motocicleta para que, da garupa, o comparsa efetuasse os disparos contra a vítima. Raymisson foi atingido por dois disparos no tórax, sentou-se no chão e pediu socorro a um amigo que estava próximo. Ao ouvir a súplica, Leandro incentivou Nedimar a retornar e efetuar o tiro de misericórdia. Nedimar, então, desceu da garupa da moto e atirou na cabeça da vítima.