Em Caldas Novas, funcionário é preso por furtar de empresa de ônibus

530
guichê
Luciano Avelino Gomes

A Polícia Civil de Caldas Novas indiciou um funcionário de empresa de ônibus por furto qualificado. Imagens do circuito interno de vigilância do guichê da empresa Nacional Expresso, situada na Rodoviária Municipal de Caldas Novas, flagraram o funcionário Luciano Avelino Gomes, de 36 anos, subtraindo, por duas vezes, aproximadamente R$ 300 do caixa da empresa.

De acordo com as investigações, Luciano se aproveitava do fato de ficar com as chaves do guichê e se dirigia ao local após seu turno de trabalho, durante a madrugada, ocasião em que o estabelecimento se encontrava fechado. Ao ser interrogado, ele admitiu a prática do crime, mas disse que estava sob o efeito de álcool. Pelo crime, Luciano pode pegar de dois a oito anos de prisão.