Em Catalão, mulher é presa por tráfico, porte de arma e crime ambiental

488
lorraine
Lorraine Alves dos Santos

Policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Catalão, com o apoio de policiais do 1º DP de Catalão, prenderam, no dia 11 de novembro, Lorraine Alves dos Santos Nunes, de 22 anos de idade, pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais (caçar ou manter animais silvestres sem a devida permissão).

Segundo o delegado coordenador do GENARC/9ª DRP, Fernando Souza Maciel, a investigada é responsável pela venda de entorpecentes em sua residência, no bairro Santa Terezinha, em Catalão. Ela dirigia uma moto quando foi abordada, na Avenida Margon, e levava consigo um revolver calibre 32.

Na casa dela, a polícia ainda encontrou uma quantidade de pasta base de cocaína, avaliada em aproximadamente R$ 1 mil, e um filhote de periquito silvestre, mantido em uma gaiola, em condições de sofrimento. O animal estava escondido no quarto da investigada. Agentes do órgão ambiental foram acionados e lavraram multa para Lorraine.

Além responder pelo crime ambiental equivalente, Lorraine responderá por tráfico de entorpecentes e porte ilegal de arma de fogo. Ela foi encaminhada para o presídio de Catalão, onde permanece à disposição do Poder Judiciário local.