Em Goianésia, homem é preso após tentar matar mulher

347

brasaoA Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Goianésia prendeu em flagrante, no dia 25 de agosto, E.D.S, de 40 anos, por tentativa de homicídio qualificado contra sua ex companheira, de 18 anos. De acordo com relatos da própria vítima, o homem, com quem vivia há três anos, tentou força-la a ingerir veneno e, em seguida, tentou enforcá-la.

A vítima relatou que conviveu em união estável com o investigado, preso em julho deste ano por agredir a mulher. Após a agressão, a mulher teria optado pela separação, que não foi aceita pelo companheiro, que passou a ameaçá-la de morte. No dia do crime, porém, o homem teria chamado a mulher para conversar.

E.D.S. teria, então, levado a ex-mulher para um córrego próximo ao município de Vila Propício. Lá chegando, tirou da mochila um refrigerante e ofereceu à mulher, que rejeitou por perceber que havia “bolinhas pretas” no fundo da garrafa. Neste momento, o homem a obrigou a beber do líquido, do qual também bebeu. Para se defender, a mulher mordeu o dedo do suspeito que, irritado, retirou uma corda da mochila e tentou lhe enforcar.

O suspeito e a vítima, com hematomas no pescoço, acordaram passando mal, após algum tempo, e decidiram ir para casa. De lá, a mulher conseguiu pedir ajuda e foi levada ao hospital. A polícia foi chamada e deu voz de prisão à E.D.S., que alegou que o chumbinho foi colocado na bebida na presença da mulher. Segundo relato do investigado, ele teria dito à ex-companheira que se mataria e ela, por vontade própria, optou por também beber da substância. A versão não convenceu a delegada Poliana Bergamo.