Estelionato: Preso homem que usava mais de 40 documentos falsificados

486
Sebastião, o "rei" do documento falso.
Sebastião, o “rei” do documento falso.

A Delegacia de Investigações Criminais (Deic) apresentou na manhã desta quinta-feira (26) o preso Sebastião Barbosa Souza, de 47 anos. Ele foi detido na última quarta-feira (25), por equipe do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes, coordenada pela delegada Mayana Rezende. Com Sebastião, chamado de “rei” do documento falso, a polícia encontrou diversos vestígios de que ele adulterava documentos.

Durante a investigação, que durou cerca de sete meses, a Polícia Civil descobriu que Sebastião havia feito uso de pelo menos 40 documentos falsos, entre CPFs e carteiras de identidade. Tais documentos teriam sido usados para contrair empréstimos, abrir contas bancárias, realizar financiamento de veículos, entre outras fraudes. A estimativa é que ele tenha prejudicado pelo menos 20 comerciantes.

Durante a abordagem, realizada numa residência em Trindade, após expedição de mandado de prisão preventiva, Sebastião, que já tem passagem anterior na polícia pelo crime de estelionato, chegou a apresentar documentação falsa aos agentes. Na casa dele, foram achados objetos que evidenciam a prática criminosa, como impressoras, computador, máquina para plastificação, carimbos e até formulários em branco para fabricação de contra-cheques.

A esposa de Sebastião, Ducirlene Barbosa de Souza, de 40 anos, também tinha em seu nome identidades e CPFs, e deve ser indiciada pelo mesmo crime. De acordo com Mayana Rezende, o preso confessou a falsificação, mas negou que tenha obtido vantagens nos golpes, já que os mesmos não teriam dado certo. O valor do prejuízo causado às vítimas dos estelionatários ainda deve ser calculado pela polícia.