Ex-vereador de Novo Brasil suspeito de homicídio é preso no Pará

561

edigar sabino

Edigar Sabino é suspeito de vitimar João Belchior de Faria, em setembro de 2015, na cidade de Córrego do Ouro. Ele estava foragido desde o crime

A Gerência de Operações de Inteligência da Polícia Civil, por meio da equipe Echo, composta pelos agentes de polícia, Manoel Messias Borges Neto, Michel Rodrigues Barroso e Edson Mesquita Sá, coordenada pelo delegado de polícia Mauricio Massanobu Kai, prendeu, no dia 5 de agosto, o ex-vereador de Novo Brasil, Edigar Sabino Alves.

O preso era procurado pela justiça em razão de ter cometido o crime de homicídio em desfavor da vítima João Belchior de Faria, em setembro de 2015, na cidade de Córrego do Ouro/GO. De acordo com as investigações, Edigar estava foragido desde então.

Depois de intensa atividade de inteligência, a equipe descobriu que o alvo estava escondido na cidade de Redenção, no sudeste paraense. Consta que o autor do crime era vereador e, em decorrência do fato, teve seu mandato parlamentar cassado. Após a prisão, Edigar foi recambiado para Goiânia.