Falso empréstimo: Polícia Civil prende dupla suspeita de aplicar golpes

399
fabio deic
Fábio Pinheiro Neves

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes, da Delegacia de Investigações Criminais (DEIC), prendeu, nesta semana, Fábio Pinheiro Neves, 31, e José Neves de Moura, 50. Eles são apontado como responsáveis por um site falso de instituição financeira que oferecia empréstimos pessoais, em troca de depósitos de supostos seguros para liberação do valor.

De acordo com as investigações, iniciadas em 2013, eles criaram um site falso e faziam anúncios sobre empréstimo em jornais de diferentes regiões do Brasil. Quando a vítima ligava, eles orientavam a preencher um cadastro para “avaliação”. Depois, retornavam  para o telefone do cadastro informando o valor liberado para o empréstimo e solicitavam o depósito de um seguro para liberação.

Segundo a delegada Mayana Rezende, responsável pelas investigações, a conta para o depósito do suposto seguro estava no nome de laranjas, que seriam recrutados por José Neves, tio de Fábio, apontado como mentor do esquema. Na delegacia, após a prisão, Fábio assumiu a autoria dos crimes. A vítima que deu origem à investigação é do Rio Grande do Norte, mas a delegada acredita em existam outras vítimas em diferentes pontos do país.