Foragido acusado de dois latrocínios é preso em Cristalina

557
cristalina2
José Joseny

Polícia Civil de Cristalina captura foragido – Policias Civis de Cristalina prenderam, no dia 4 de junho, José Joseny Soares, 39 anos, foragido da prisão desde janeiro deste ano. José Joseny foi condenado pela Justiça do Distrito Federal a cumprir 43 anos, em regime fechado, por duplo latrocínio, ambos ocorridos no ano de 2004, um no DF e o outro em Minas Gerais.

Entre as vítimas de José está o policial civil do DF, João Batista Barreira Bessa, assassinado em dezembro de 2004, deixando desemparados uma esposa e dois filhos. A outra vítima foi Josafá Francisco dos Santos, assassinado em Minas Gerais.

Segundo relatório policial, em janeiro de 2014, com fulcro nos artigos 123 e 124 da Lei de Execuções Penais, a Justiça do DF concedeu ao condenado “autorização para Saídas Temporárias”, com limite de 35 dias ao ano, não podendo o mesmo deixar o território do DF.

No entanto, José Joseny descumpriu a sentença e fugiu, vindo a se refugiar na cidade de Cristalina, região entorno do DF. A captura ocorreu nas imediações da residência do preso, situada no Setor Belvedere.

Participaram da investigação os delegados Dener Lopes Machado, Cássius Zamó e suas equipes. O delegado regional Rodrigo Mendes de Araújo parabenizou toda ação desenvolvida e ressaltou a importância do trabalho em conjunto das instituições Policiais estaduais.